As Fadas

Assista esta histórinha no YouTube

Assista esta histórinha no nosso aplicativo para dispositivos móveis

Contos de Fadas com a GiGi

Aplicativo que conta historinhas para crianças

  • Mais de 50 contos de fadas e fábulas
  • Conheça a GiGi – a simpática papagaia contadora de histórias
  • Lindas ilustrações e narração profissional
  • Descubra cada "Moral da História" e aprenda importantes lições de vida
  • Jogos divertidos para você brincar com seus personagens preferidos
  • Tenha certeza de que seus filhos não estarão expostos a nenhum conteúdo inapropriado
  • Um ótima ajuda para quem está aprendendo a ler

Leia esta histórinha

Era uma vez uma bruxa que vivia com suas duas filhas. A filha mais velha - Hilda - parecia muito com a mãe, tanto na aparência como no caráter. As pessoas muitas vezes confundiam as duas. Ambas eram rancorosas e arrogantes.
A filha mais nova - Charlotte - puxou o pai. Ela era modesta e boa. Ainda por cima, era a garota mais linda da cidade. Isso deixou a mãe com raiva e ela odiava Charlotte tão intensamente quanto amava Hilda. Ela fazia Charlotte trabalhar da manhã até a noite, e a obrigava a fazer suas refeições sozinha na cozinha.
Uma das muitas tarefas que Charlotte tinha que fazer era buscar água duas vezes por dia em um poço que era a trinta minutos de distância andando. Um dia, a pobre menina estava no poço lavando o balde d´água quando de repente uma velha senhora veio até ela e pediu por um pouco de água para beber.
“Claro, senhora”, disse Charlotte e encheu um jarro com a água mais limpa do poço. Ela então levantou o jarro para que a senhora bebesse mais facilmente.
Charlotte não sabia que estava falando com uma Fada na forma de uma velha senhora. Depois que saciou a sede, a Fada falou: “Eu nunca vi uma menina como você. Tão bondosa, educada e também muito bonita. Você merece um presente por isso. Então, a partir de agora, cada vez que você abrir a boca para falar, uma flor ou uma pedra preciosa cairá da sua boca.”
Quando chegou em casa, sua mãe começou a reclamar com ela por ter demorado a trazer água. “Por favor, mamãe, perdoe-me. Por favor,” disse Charlotte e duas rosas, dois rubis e dois diamantes caíram da sua boca.
“Minha filha! O que está acontecendo? Esses diamantes realmente saíram da sua boca?” Essa foi a primeira vez que ela se referiu a Charlotte como sua filha. “Como isso pôde acontecer? Diga-me tudo!” perguntou a mãe. Então a menina disse a ela tudo sobre a velha senhora que pediu para beber água e que depois lhe concedeu esse dom.
“Se o que você está me falando é verdade, então sua irmã deve ir até o poço também.” E chamou a filha mais velha, “Hildaaaaaa! Venha até aqui logo e veja o que está saindo da boca da sua irmã! Você gostaria de ter o mesmo dom que ela? Então você deve ir ao o poço e aguardar que uma velha senhora lhe peça um pouco de água.”
“A senhora tem certeza que quer que eu trabalhe?” perguntou a menina mimada e arrogante. “Se eu tenho certeza? Eu estou dizendo que você vai lá no poço e vai dar água para a senhora, e essa é minha palavra final! Agora vá e leve o nosso jarro mais bonito...corra logo para lá!” gritou a mãe.
Hilda pegou um jarro de prata e foi muito contrariada para o poço. Assim que ela chegou até o lugar, uma jovem muito bem vestida veio por detrás das árvores e se aproximou. “Poderia me dar um pouco de água, por favor?” Ela era a mesma Fada que tinha aparecido para Charlotte, mas dessa vez, estava caracterizada de princesa.
“Como é?” respondeu Hilda de forma rude. “Escute aqui, se você acredita que eu andei até esse poço ridículo para servir à Vossa Alteza, você está enganada. Se quiser água, pegue você mesma!”
“Minha jovem, você não é muito educada, não é mesmo?” respondeu a Fada. “Você não merece que flores e diamantes saiam da sua boca, mas sim cobras e sapos. Então, que assim seja!” A Fada enfeitiçou Hilda e voltou para as árvores.
Hilda foi para casa e sua mãe começou lhe perguntar: “Você viu a Fada? Ela te enfeitiçou do jeito que fez com sua irmã? Diga para mim, diga!” “Não, ela não fez isso,” disse Hilda com raiva e depois dois sapos e uma cobra saíram da sua boca.
“O que é isso? Isso é tudo culpa da sua irmã! Eu vou mandar Charlotte vir aqui e ela vai ter o que merece.” A mãe correu para encontrar Charlotte, mas a menina escapou pela floresta, onde ela sentou e chorou.
De repente, Charlotte escutou um barulho de cavalos se aproximando e um pouco depois, uma pessoa apareceu. Era um príncipe. Ele perguntou o que ela estava fazendo lá, sozinha na floresta, e porque estava chorando. “Minha mãe me perseguiu pela casa, então tive que me esconder aqui,” explicou Charlotte. E a medida que ela falava, safiras, esmeraldas, rubis, diamantes e algumas flores caíam da sua boca.
O príncipe se apaixonou pela sua doce voz, rosto gracioso e lindos olhos. Ele ficou encantado com seu dom, então ele a pediu em casamento. Ela aceitou tornar-se uma princesa e todos viveram felizes para sempre.
Todos, menos a irmã mais velha. Hilda foi expulsa de casa pela sua própria mãe, que não aguentava mais viver com ela. E ela passou a perambular pela floresta soltando cobras e sapos por toda parte que ia. Então veja você, mesmo que às vezes seja difícil ser bondoso e educado, isso também pode lhe trazer coisas boas quando menos se espera. Ser bom e educado pode valer mais do que todos os diamantes do mundo.

Compartilhe com Amigos e conte-nos o que você achou


comments powered by Disqus