O Rato da Cidade e o Rato do Campo

Assista esta histórinha no nosso aplicativo para dispositivos móveis

Contos de Fadas com a GiGi

Aplicativo que conta historinhas para crianças

  • Mais de 50 contos de fadas e fábulas
  • Conheça a GiGi – a simpática papagaia contadora de histórias
  • Lindas ilustrações e narração profissional
  • Descubra cada "Moral da História" e aprenda importantes lições de vida
  • Jogos divertidos para você brincar com seus personagens preferidos
  • Tenha certeza de que seus filhos não estarão expostos a nenhum conteúdo inapropriado
  • Um ótima ajuda para quem está aprendendo a ler

Leia esta histórinha

Toc-toc! O Rato do Campo correu para a porta animado para ver quem batia. Ele esperava seu primo da cidade que marcou de visitá-lo.
“Oi, primo querido,” disse ele e deu um grande abraço no seu primo e o pediu para sentar-se à mesa. “Estou tão feliz em ver você! Vamos jantar e você me conta como está sua vida.”
“Meu primão, obrigado por essa recepção calorosa”, disse o Rato da cidade. Ele olhou rapidamente para a mesa de jantar, que tinha apenas algumas frutas secas e uma dúzia de nozes sobre ela. “Parece que a vida está cuidando melhor de mim do que de você. Quero que venha me visitar e vou te mostrar como eu tenho uma abundância de coisas que nunca chegarão aqui. Você nunca mais vai querer voltar para o campo.”
Então, na semana seguinte, o Rato do campo visitou seu primo na cidade. O primo o encontrou na frente de uma loja de comidas enorme, que vendia frutas frescas, granola, pães, nozes… O Rato do campo ficou impressionado.
“Vamos ter um jantar de verdade agora, primo,” o Rato da cidade disse e estava quase colocando a comida na boca, quando um gato veio e atacou a mesa de jantar.
Os dois ratos tiveram que esperar até que o gato pegasse tudo o que ele queria e levasse embora. Eles voltaram a sentar na mesa. “Puxa, essa foi por pouco! Mas essas coisas não devem te deixar preocupado, fazem parte da vida na cidade,” disse o anfitrião, meio que pedindo desculpas.
Eles então tentaram comer novamente. E dessa vez, nem conseguiram tocar na comida, porque um cachorro correu até eles e os dois ratos tiveram que fugir novamente para salvar suas vidas.
“Primo querido, muito obrigado pela sua hospitalidade! A mesa realmente estava abundante, mas nós nunca vamos poder nos sentar à mesa com calma. Eu prefiro voltar para o campo, onde eu consigo aproveitar meu jantar em paz.”

Compartilhe com Amigos e conte-nos o que você achou


comments powered by Disqus