Chapeuzinho Vermelho

Assista esta histórinha no YouTube

Assista esta histórinha no nosso aplicativo para dispositivos móveis

Contos de Fadas com a GiGi

Aplicativo que conta historinhas para crianças

  • Mais de 50 contos de fadas e fábulas
  • Conheça a GiGi – a simpática papagaia contadora de histórias
  • Lindas ilustrações e narração profissional
  • Descubra cada "Moral da História" e aprenda importantes lições de vida
  • Jogos divertidos para você brincar com seus personagens preferidos
  • Tenha certeza de que seus filhos não estarão expostos a nenhum conteúdo inapropriado
  • Um ótima ajuda para quem está aprendendo a ler

Leia esta histórinha

Era uma vez uma doce menininha. Todos a chamavam de Chapeuzinho Vermelho, porque ela sempre usava uma capa de equitação vermelha que a sua avó havia lhe dado de presente. Ela amava muito a sua netinha.
Um dia, a mãe de Chapeuzinho Vermelho disse, “Aqui, filha, pegue esta cesta e leve para sua vovó. Aí dentro tem pão, manteiga, bolo e frutas. Ela está se sentindo doente e espero que isso faça com que ela fique melhor. Não converse com estranhos, não saia do caminho e vá direto para a casa de sua avó.”
A avó de Chapeuzinho Vermelho morava há meia hora de distância por dentro da floresta, do lado de fora da aldeia. Então Chapeuzinho Vermelho saiu logo de casa. Assim que ela entrou na floresta, apareceu um lobo por detrás de uma árvore. Ela não se assustou, porque ela não sabia que lobos são perigosos.
“Bom dia, Chapeuzinho Vermelho”, o lobo cumprimentou. “Bom dia, Senhor Lobo”, ela respondeu. “Para onde você vai?” “Estou indo visitar minha vovó, porque ela não está se sentindo bem”, Chapeuzinho Vermelho respondeu. “O que você tem aí dentro da cesta?” perguntou o lobo. “Eu tenho pães, manteiga, bolo e frutas para levar para minha vó”, ela respondeu. “Excelente! E onde sua vovozinha mora?” perguntou o lobo, e Chapeuzinho Vermelho explicou exatamente o local da casa da sua avó.
Eles andaram juntos por um tempo. Aí, o lobo falou. “Olha que lindas flores que temos aqui! Por que você não pega algumas delas para sua vovó?” Ela olhou em volta e viu todas aquelas flores lindas. Chapeuzinho Vermelho achou que sua vovó ficaria muito feliz em ganhar flores e, mesmo depois do conselho de sua mãe, saiu do caminho para colhê-las.
Chapeuzinho Vermelho foi para dentro da floresta densa para colher as flores, e o lobo foi direto para a casa da vovó. Ele bateu na porta e escutou uma voz lá de dentro da casa “Quem é?” “Sou eu, Chapeuzinho Vermelho. Eu trouxe pão, manteiga, bolo e frutas”, disse o lobo, disfarçando a voz. “Ah, que gentileza! Empurre bem a porta para entrar. Eu não tenho forças para ir aí abrir.”
O lobo entrou na casa, foi até a cama da velhinha e a comeu inteira. Aí, ele vestiu as roupas dela e deitou na cama.
Quando Chapeuzinho Vermelho chegou na casa de sua avó, ela percebeu que a porta estava aberta. Ela entrou e foi até o quarto.
Normalmente ela sentia-se muito feliz na casa de sua vovó, mas naquele dia havia algo de estranho. “Bom dia!” disse Chapeuzinho Vermelho, mas ninguém respondeu.
A vovó estava com uma aparência estranha. “Nossa, Vó, que orelhas grandes você tem!” exclamou Chapeuzinho Vermelho. “É para te escutar melhor!” o lobo respondeu, disfarçando a voz. “Puxa, Vovó, que olhos grandes você tem!” ela continuou. “É para te ver melhor!” disse o lobo. “Vovó, que mãos enormes você tem!” “É para te tocar melhor!”, o lobo disse.
“Uau, Vovó, que boca enorme você tem!” exclamou Chapeuzinho Vermelho. “ É para te comer melhor!” O lobo gritou, pulou fora da cama e comeu Chapeuzinho Vermelho inteira.
Com o seu estômago cheio, o lobo voltou para a cama da vovó e caiu no sono. E roncou muito alto. Um caçador que estava passando pela casa, escutou os roncos e achou que seria muito estranho que uma velha senhorinha pudesse roncar tão alto. Ele olhou para dentro, e viu que era um lobo que estava lá. O caçador estava atrás desse lobo há muito tempo. Finalmente ele o havia encontrado!
O caçador levantou a arma e estava prestes a atirar, quando ele parou e pensou. Talvez a velhinha ainda esteja viva dentro da barriga do lobo!
Então, ele pegou uma tesoura e abriu a barriga do lobo. Ele viu uma capa vermelha saindo e aí a Chapeuzinho Vermelho pulou para fora. O caçador cortou um pouco mais e a vovozinha também veio para fora.
Chapeuzinho Vermelho catou algumas pedras e eles encheram a barriga do lobo com elas. Quando o lobo acordou, ele ficou assustado e tentou correr, mas as pedras eram tão pesadas, que ele caiu morto.
Os três então comeram bolo, felizes em saber que o lobo não seria mais um perigo para eles. Chapeuzinho Vermelho decidiu nunca mais sair do caminho e escutar com mais atenção o que a sua mãe tem a dizer.

Compartilhe com Amigos e conte-nos o que você achou


comments powered by Disqus